Convenção do Comércio de Vacaria 2013 foi um sucesso!

Convenção do Comércio de Vacaria 2013 foi um sucesso!


Tivemos a satisfação de estar presentes na quinta Convenção do Comércio de Vacaria, realizada no dia 24 de março, a qual nas palavras do Sr. Adelino Dariva, Presidente da C?mara de Dirigentes Lojistas de Vacaria, foi criada para que os associados possam adquirir novos conhecimentos e fiquem informados e atualizados com as novas tecnologias e mudan?as r?pidas que o mundo nos oferece. Em acordo com os coment?rios dos presentes o local escolhido: A Casa do Povo foi um ponto a favor, ofereceu a estrutura necess?ria ao evento. A organiza??o do evento realizada pela Ag?ncia de Propaganda Fly Vacaria, consagrada no mercado como organizadora de eventos e criadora de pe?as promocionais, mais uma vez obteve sucesso, atentando para cada detalhe, buscando deixar confort?vel e satisfeito o p?blico presente ao evento. Tita Almeida, profissional de Marketing, bastante exigente, mais uma vez foi impec?vel e cumpriu seu papel com esmero em suas escolhas profissionais, escolhendo a dedo cada colaborador (a) para cada fun??o a ser desempenhada. Vemos a? um ponto fundamental para o sucesso de um evento ou de qualquer empreendimento comercial ou mesmo filantr?pico: a pessoa certa na fun??o adequada, ponto evidenciado e elogiado pelo palestrante arquiteto Adriano Braga, constatado no v?deo veiculado no faceboock, feito pela m?dia local. O p?blico tamb?m elogiou a iniciativa de haver um transporte no local para o hor?rio do almo?o, economizando tempo e evitando transtornos no tr?nsito. Ambos os restaurantes, Restaurante Bortolon e Restaurante Mangiare, foram elogiados. Assistimos a tr?s palestras: Adriano Braga ? O Consumidor mudou, e voc?? Panorama e tend?ncias de consumo; Erik Pena ? Show de vendas e motiva??o; Angela Tamiko Hirata ? Equipe motivada pode posicionar sua marca no mundo (case havaianas). Todas diferenciadas quanto ao perfil de cada palestrante, assim, tivemos tr?s amostras de apresenta??es que disp?em seu diferencial em comportamento e conte?do. Todos representaram muito bem em seus estilos. E cada um representou um ponto espec?fico do Marketing de Varejo, que ? o ponto em que pretendo fixar-me doravante. Em acordo com Philip Kotler, o conceito de marketing afirma que a chave para atingir os objetivos da organiza??o consiste em determinar as necessidades e os desejos dos mercados-alvo e satisfaz?-los mais eficaz e eficientemente do que os concorrentes. Observamos que nas tr?s palestras o que ficou impl?cito foi justamente esse conceito, principalmente a palestra de Angela Tamiko Hirata, a qual enfatizou o tema ?Equipe motivada pode posicionar sua marca no mundo (case Havaianas)?, al?m de a palestrante, salientar o tema equipe motivada, cada a??o desenvolvida para reposicionar o produto: Havaianas, da ind?stria S?o Paulo Alpargatas S/A, no mercado deixou muito claro o ponto: Satisfa??o do Cliente. Isso se percebe na afirma??o: ?entender e respeitar a cultura?. Ningu?m ficar? satisfeito com um produto que desrespeita a sua cultura. Outra afirma??o da palestrante: ?Tentar sempre se comunicar olhando nos olhos?, deixa claro, uma interpreta??o: ?dar aten??o ao cliente?, entender o que ele precisa; as pessoas gostam e necessitam de aten??o. Isso posto vamos ao encontro do conceito de marketing, satisfazer o cliente. Outra afirmativa interessante de Hirata reinventar sem mudar o conceito do produto. Basta lembrar, da havaiana original e seu slogan: ?n?o deforma, n?o d? cheiro, n?o solta as tiras,?, e a mensagem que fica nas entrelinhas: ? confort?vel, pode relaxar. Os novos modelos n?o mudaram tanto assim, somente as cores e foram sendo acrescentados adere?os como pedras e saltos, por?m sem prejudicar o conforto, preservando o conceito original que ? o conforto dos p?s. Outro aspecto relevante observado na palestra de Hirata foi o uso de conceitos estruturantes de Hist?ria no Marketing, por exemplo: Identidade, Personagem. ? o Marketing utilizando ferramentas de Hist?ria, com certeza um belo casamento de ideias. A Hist?ria ? uma ferramenta essencial para o Marketing. Assim, aproveitamos a oportunidade para desmistificar que ?Hist?ria n?o tem nada a ver com Marketing e mercados?, como alguns afirmam. Quem n?o conhece Hist?ria n?o pode segmentar mercados. Trabalhei com Hist?ria da Moda na 8? s?rie na Escola E. E. M?dio Padre Efrem, esse item, hoje, faz parte do curr?culo de hist?ria dessa s?rie, usei para eles um material que havia utilizado em 1997 na turma, justamente da organizadora do evento da CDL: Tita Almeida, quando lecionava Marketing de Varejo na UCS de Vacaria. Nesse material h? um recorte de jornal que conta a hist?ria do Jeans: ?A Hist?ria de um jovem de 150 anos? ? o t?tulo do artigo da Zero Hora de 1997, hoje esse jovem tem 168 anos e continua no mercado fazendo muito sucesso. O que ? isso? Suprir necessidades dos clientes, lembrando que o jeans surgiu para suprir as necessidades dos mineiros dos EUA, pois precisavam de uma cal?a de tecido resistente ao trabalho bra?al de v?rias horas no interior das minas daquele pa?s. Atualmente quem mais as usa n?o s?o os trabalhadores bra?ais, mas sim os jovens engajados nos v?rios estilos musicais que trazem sempre a pe?a como b?sica em seus vestu?rios: roqueiros, sertanejos, Cowntries, etc. A? temos como exemplo uma nova segmenta??o de mercado para o jeans, os jovens, e a divulga??o feita na m?dia adequada: temos jeans para todos os estilos musicais, ? a mensagem que fica impl?cita, n?o importa seu estilo, v? de jeans, desde que voc? seja jovem. ?Estar sempre reinventando?, outra premissa de Hirata, que encaixa perfeitamente no case: Havaianas e tamb?m no case: Hist?ria do jeans, duas hist?rias de sucesso em seus mercados. Erik Penna, diretor da Equilibria Treinamentos, optou por conte?do pr?tico e humor inteligente. Enfatizando a import?ncia do bom humor para o desempenho da atividade de vendas, usou a t?cnica motivacional para chamar a aten??o do p?blico, trazendo ? tona o Marketing de Relacionamento. Aqui podemos destacar o livro Marketing de Relacionamento do autor Regis MacKenna, livro utilizado para a disciplina de Marketing de Varejo, que ministrei para a turma de administra??o citada acima em 1997, no qual MacKenna cita um ?case? referente ? ?Amil?, l?der de assist?ncia m?dica no Brasil, fundada em 1979 e dirigida por um presidente empreendedor e criativo, Edson de Godoy Bueno, nas palavras de MacKenna, e cuja receita ultrapassou os 250 milh?es de d?lares na ?poca. MacKenna afirma que o que a Amil e o seu pessoal fez, foi estabelecer rela??es especiais com todos os seus clientes. Inovam sempre com novos servi?os e novas formas de oferecer servi?os comuns, perguntando-se o tempo todo: ?como podemos oferecer um servi?o superior e manter a fidelidade de nossos clientes?? MacKenna ainda destaca que o grande desafio do empres?rio brasileiro ? concentrar suas energias no desenvolvimento e manuten??o de rela??es locais e, ao mesmo tempo, na explora??o do mercado mundial como um todo. Para ele, o bom Marketing ? o desenvolvimento de clientes fi?is e oferta de servi?os de qualidade ? n?o ? limitado por fatores econ?micos, e sim pela criatividade e determina??o de vencer. Assim, sorrisos s?o importantes, mas, plagiando uma frase de um autor que agora n?o me ocorre, somente sorrisos n?o conquistam o cliente fiel, sistemas de qualidade sim, concordando com MacKenna. O arquiteto e urbanista, fundador da Trama Design, Adriano Braga palestrou sobre os temas: ?O Consumidor mudou e voc??? E, ?Programa e tend?ncias de consumo?. Braga apresentou o Panorama de Consumo Brasileiro, destacando o Consumo Aspiracional, ou seja, aquele consumo baseado na aspira??o do consumidor e n?o no imediatismo, que ? gerado pelo impulso. Braga afirmou, quanto ao consumo aspiracional, que 86% dos consumidores da classe emergente s?o otimistas em rela??o ?s lojas de varejo e ao seu atendimento; 73% v?o continuar mudando de lojas onde compram; 63% pesquisam pre?os; 26% compram on-line; 42% querem comprar suas casas; 32% querem comprar seus carros; e muitos querem investir em educa??o e viajar. 66% n?o trocaram as lojas onde compram, mas esperam que elas melhorem o atendimento e visual. O arquiteto citou um case de uma empresa em Pelotas ? RS, vendedora de artigos tradicionais ga?chos, a Ga?cho & Prenda ? Armaz?m de Pilchas, para a qual deu consultoria, repaginando seu Layout e refazendo sua logomarca, enfatizando com esse case a import?ncia do: ?Foco no Todo?, querendo dizer com isso que ? importante a parte interna e externa da empresa para atrair seu cliente, citando o design estrat?gico ? pensar a empresa como um todo ? isto inclui a Responsabilidade Social, e a quest?o da Sustentabilidade; exemplificando com o uso de materiais recicl?veis o qual proporciona um baixo custo e um alto impacto. O uso de objetos antigos no cen?rio da loja (layout), por exemplo, na Ga?cho & Prenda o profissional usou uma veneziana antiga como mostru?rio de gravatas. Muito bem, observa-se a? a quest?o dos ?4 P?s? (Produto, Pre?o, Promo??o e Ponto-de-venda) do te?rico Edmund Jerome McCarthy, americano, nascido em 1928, professor de marketing, da Universidade de Michigan e outras, tais como a Universidade de Notre Dame e autor do influente livro de Marketing B?sico. Uma Abordagem Gerencial, agora em sua 17 ? edi??o com co-autores William D. Perreault Jr. e Joseph P. Cannon, ferramenta essencial ao Marketing j? promovida em 1995 ? 1998, no curso de Administra??o de Empresas da UCS ? Vacaria, conhecida pelos profissionais de Marketing, os quais n?o s?o, infelizmente, muito consultados em nossa regi?o, para o posicionamento das marcas, cria??o de layouts, logotipos, segmenta??o de mercado. E a? batemos de frente com a nossa cultura regional a qual n?o se abriu ainda para a promo??o profissional nas vendas de varejo. H? que se pensar nisso: valorizar os profissionais do Marketing, procurando-os, o investimento nesses profissionais ? garantia de retorno certo ao neg?cio. Outras afirma??es de Braga foram: ?O cliente como protagonista da compra?; ?? o que ele quer comprar e n?o o que eu quero vender?; ?Quem interpretar os desejos do cliente ter? um diferencial no mercado?; ?A quest?o da competi??o n?o ? s? o pre?o e sim outros diferenciais?; ?O Consumidor atualmente ? consciente, informado, exigente, e, portanto, poderoso?; ?Honestidade no relacionamento ? o que o consumidor busca?; ?A Tecnologia no varejo ? um caminho sem volta! (citou compras pelo Smart phone)?. O palestrante ainda equacionou o comportamento do consumidor: valor = qualidade + servi?o + experi?ncia pre?o E, concluiu: ? Precisamos nos focar em ? O qu?? Quando? Como? ? o consumidor precisa. Isso posto, fomos brindados, tamb?m, com um caloroso desfile de modas proporcionado pela Linda Modas, a qual faz atualmente jus a sua marca, com novas instala??es. Caloroso no sentido de atraente e cativante. Com modelos escolhidas a dedo, tra?o marcante da profissional Tita Almeida, que prestigiou as meninas de Vacaria, cidade que disp?e de lindas mulheres, e que valorizadas fizeram sucesso na passarela. Todas est?o de parab?ns. Cada uma com seu estilo pr?prio, detalhe que observamos, apesar de seguirem a etiqueta orientada e os ?Looks? meticulosamente distribu?dos pela equipe de produ??o. A cole??o apresentada pela Linda Modas foi do ?Casual Basic? a alguns modelos mais sofisticados. Os looks mais requintados apresentaram a tend?ncia do uso das camisas, camisetes e camis?es. Esses ?ltimos lembrando a tend?ncia dos anos 1970, a era de aqu?rios, juntamente com as Cal?as de c?s alto, medidas assim?tricas. Nas cores observamos os pretos com dourados; os pretos com vermelhos e os pretos com rosados. Os tons caf? persistem dando sofistica??o! As estampas discretas com misturas de tons verdes a amarelados, entremeados pelos pretos. O jeans dourado surpreendeu! E, o xadrez ainda persiste em v?rios tamanhos e com diferentes misturas de cores. De acordo com o desfile, continuam em alta as estampas com on?as pintadas em v?rios tons, n?o somente no tradicional. As jaquetas curtas de couro vegetal, uma op??o ecol?gica, e com pre?o acess?vel, est?o em seu auge! Tamb?m no enfoque ?agasalho?, foram apresentados v?rios modelos de spencers pe?a fundamental no guarda-roupa feminino. Esses, com ou sem bordados, adere?os, e assim?tricos. Mantas, em acordo com a Tita, por?m em minha vis?o, estolas as quais foram vestidas, ao inv?s de somente colocadas nas costas, em materiais variados: com peles, franjas e outros, surpreenderam pela criatividade em seu novo modo de usar (vestidas), e deram um tom charmoso ao desfile. Quanto aos adere?os nas roupas, apresentam-se em dourado, e em materiais variados como pedras, strass e veludo sobre rendas transparentes, que sobrep?em tecidos de seda dourados. Os tecidos imitam o caimento do cl?ssico linho, que comp?e as cal?as compridas em estilo pantalona dos anos 1970. Quanto aos penteados, a produtora optou por padronizar, em forma de rabos de cavalos, imprimindo um tom estiloso e sofisticado ao desfile e ao evento, j? que as colaboradoras do evento tamb?m estavam assim arrumadas. Observamos que a plateia acompanhou o desfile atenta e surpresa pela quantidade de pe?as, beleza e desenvoltura das meninas locais. A sonoplastia tamb?m foi perfeita para esse momento, relaxando os presentes, que estavam t?o atentos aos conhecimentos e experi?ncias transmitidas. Assim, o evento foi um sucesso! Em minha vis?o e plagiando Duda Mendon?a, citado por Erik Penna em sua palestra: ?Comunica??o n?o ? o que a gente fala, e sim o que o outro entende?. Esse press release ? o resultado de minha interpreta??o nesse evento t?o bem organizado e realizado com tanto esmero e preocupa??o com seu cliente, grupo no qual eu me incluo. Essa ? a minha opini?o sobre a V Conven??o do Com?rcio de Vacaria. Parab?ns ? CDL pela iniciativa e um grande abra?o a todos que trabalharam para que esse momento fosse poss?vel. Prof. Isabel Carneiro de Almeida Especialista em Marketing pela Universidade de Caxias do Sul ? Caxias do Sul ? RS Mestre em Hist?ria pela Universidade de Passo Fundo Professora na Rede P?blica Estadual - RS e no Centro Universit?rio Facvest ? Lages SC Departamento de Rela??es P?blicas da Butterfly Ag?ncia de Propaganda Ltda. ? Fly Vacaria ? Confira as Fotos da Conven??o


CDL Vacaria

Informações/Contato

CDL - Vacaria

Rua Borges de Medeiros 1085
Bairro Centro - Vacaria/RS
Telefone: (54) 3232-2030
E-mail:
secretariaexecutiva@cdl-vacaria.com.br

nossa localização

Câmara de Dirigentes Lojistas de Vacaria

Six Interfaces